Colunista

MELANOMA: VOCÊ SABE O QUE É?

Com grande pesar, recebemos a notícia da morte do cantor Roberto Leal em decorrência de complicações advindas de um câncer chamado Melanoma. Você sabe do que se trata? Melanoma é um tipo de câncer de pele incomum, porém de grande agressividade. Sua incidência está aumentando nos últimos tempos. É o tumor de pele mais maligno que pode surgir da transformação maligna de melanócitos (células que produzem a melanina - pigmento da pele) ou a partir de nevos melanocíticos atípicos (pintas) que se tornam invasivos e sofrem metástase após vários intervalos de tempo. Pode surgir ainda em cavidade oral/nasal, genitália e unhas.

Há evidência convincentes de que a exposição à radiação solar é a principal causa do melanoma cutâneo, o qual representa um problema mais grave nas pessoas de pele clara. As queimaduras solares durante a infância e a exposição solar com queimaduras intermitentes na pele clara, não adaptada ao sol parecem ter um impacto maior do que a exposição ultravioleta cumulativa ao longo da vida. Outros fatores predisponentes e de risco são a presença de lesões precursoras (pintas) e uma história familiar de melanoma em pais, filhos e irmãos.

A detecção do tumor na fase inicial apresenta altas taxas de cura após a excisão cirúrgica, evitando assim, a doença metastática e a morte. O acesso precoce à consulta médica mostra-se especialmente importante porque a curabilidade é diretamente proporcional ao tamanho e profundidade da invasão do tumor.

Visando uma análise dermatológica mais detalhada e profunda, dispomos de várias ferramentas para realização mais precisa do diagnóstico, como por exemplo, o uso de dermatoscópio digital (FotoFinder®), onde conseguimos fazer um mapeamento digital das pintas e acompanhamento, permitindo a observação de mudanças como, aumento do tamanho, mudança de cor e formato.

O uso de filtros solares, roupas especiais, chapéus, evitar exposição nos horários de pico do raio ultravioleta (10h as 16h) e consultas dermatológicas de rotina são dicas importantes para se evitar o câncer de pele ou se diagnosticar precocemente, aumentando as chances de cura. Ame-se. Cuide-se.

Dra. Ana Cláudia Koga
A dermatologista e proprietária de uma das principais clínicas dermatológicas da nossa região, a Corpelli, traz informações e novidades em tratamentos

NOSSO OUTUBRO ROSA: CADA CORPO TEM UMA HISTÓRIA

Anterior

CAROS LEITORES, VAMOS BATER UM PAPO?

Próximo

Notícias relacionadas